Carlos Leitão

Carlos Leitão

VS Management

Agenciado por

Fado in a Box

Fadista e com amor ao Fado, Carlos Leitão é um cantautor, compositor e músico português.

Fadista e com amor ao Fado, Carlos Leitão é um cantautor, compositor e músico português.

Agenciado por

Carlos Leitão tem 40 anos. Nasce em Lisboa e vive em Corroios até aos 24 anos, antes de partir para o Alentejo, onde tem as suas raízes familiares, mais concretamente em Arraiolos, onde mantém a casa e a esperança do regresso.

Cedo sonhou tornar-se jornalista, mas, paralelamente, estuda viola de fado a partir dos 11 anos, na mesma altura em que vence a Grande Noite do Fado, no Coliseu dos Recreios, como fadista, na categoria infantil.

Forma-se em Comunicação Social e trabalha em diversas publicações, como os jornais Autosport, A Bola, Diário de Notícias, entre outras, mas, por razões várias, deixa o jornalismo e Lisboa e, aos 24 anos, “exila-se” em Arraiolos durante 10 anos. É durante esse período que começa a dedicar-se à música de uma forma mais séria e profissional.

Em 2011 integra o elenco fixo do Clube de Fado, em Alfama, onde ainda hoje canta diariamente.

Em 2013 edita o seu primeiro disco de originais “Do quarto”, totalmente composto e pensado em função da vivência de uma década no Alentejo.

Ainda nesse ano, volta a Lisboa, imprime uma grande mudança na sua vida pessoal, e começa a planear aquele que viria a ser o seu próximo disco, “Sala de Estar”.

2017 é o ano em que lança o segundo disco de originais, “Sala de Estar”. Com letras da sua autoria, desafia compositores como Rui Veloso, Júlio Resende, Jorge Fernando, entre outros, para as musicar.

Carlos Leitão pisa então palcos tão distintos como o CCB (Centro Cultural de Belém), Montepio Fado Cascais, Santa Casa Alfama, Museu do Fado, Museu de Lisboa, Feira de S. João e o Teatro Garcia de Resende (Évora), Castelo de Arraiolos, Festas de Corroios, entre muitos outros.

Carlos Leitão | Casa Vazia

 

Em 2018 recebe o prémio “Mais Música” atribuído pela revista “Mais Alentejo”, 2019 é o ano de “Casa Vazia”, o disco de originais que fecha a trilogia da ‘casa’. Carlos arrisca e desafia um leque de pessoas que admira a escrever e compor propositadamente para si.

Nomes como Salvador Sobral, João Só, Vitorino, Marco Horácio, Tozé Brito e Jorge Benvinda entre outros, disseram ‘sim’. Com o tema “Casa Vazia” que dá nome ao disco, Carlos Leitão cumpriu o sonho de ter o Prof. Júlio Machado Vaz a escrever um fado para si. O médico aceitou e escreveu aquela que foi a sua primeira letra de sempre no fado.

2020 começa com a 9ª tour de 12 concertos na Áustria e na Alemanha, destinos que o acolhem sempre com enorme entusiasmo e carinho.

Numa viagem permanente e intensa entre as composições originais e o fado tradicional, este lisboeta “de sangue e alma alentejanos” visita os seus discos, “Do Quarto” e “Sala de Estar”, passa pelos fados que interpreta desde sempre e concentra o restante alinhamento no seu mais recente trabalho, “Casa Vazia”. Carlos Leitão transforma o palco numa sala acolhedora, cheia de cumplicidades, ao jeito da tertúlia alentejana, da boa conversa, num espaço de partilha em que o letrista, músico e compositor se revela, por completo.

O apoio fiel da Antena 1 e da Associação Mutualista Montepio mostram que o público e a critica são unânimes: Carlos Leitão está no inequívoco patamar dos melhores!

VS Management | Carlos Leitão | Casa Vazia
Reproduzir vídeo
VS Management | Carlos Leitão | Dona Maria Dilema
Reproduzir vídeo
VS Management | Carlos Leitão
Reproduzir vídeo
VS Management | Carlos Leitão
Reproduzir vídeo
VS Management | Carlos Leitão | Casa Vazia
Reproduzir vídeo
VS Management | Carlos Leitão | Dona Maria Dilema
Reproduzir vídeo
VS Management | Carlos Leitão
Reproduzir vídeo
VS Management | Carlos Leitão
Reproduzir vídeo

Carlos Leitão